Namastudo!


Agora, para mim, "valorizar" ficou muito diferente de "valores".

"Valores" aprisionam. É algo muito linear.

Mas o "valorizar" pode ser resultado de uma nova consciência sobre o "viver".

Hoje, tenho um novo olhar sobre mim mesmo e sobre o mundo.

Vejo que estou refletindo uma nova "identidade", única e multi. 

Passei por um período apropriado de não-identidade... E isso foi libertador!

Semana passada, enquanto ia pro trabalho,

percebi que estava me vendo nas pessoas que passavam por mim na rua.

Foi uma experiência maravilhosa me sentir nos outros humanos, como parte de um Todo.

E o melhor é que isso está ocorrendo em um momento

em que eu estou mais completo dentro do Eu Sou.

NamasEu, NamasTu, NamasNós...

NamasTudo!!!!


(Luiz Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra compartilhar, dar um oi...

*As imagens contidas aqui são edições de telas de LH, registros de eventos ou do nosso cotidiano, exceto as relacionadas ao Crimson Circle.