Ferida de Adão


Dia das “Bruxas” e dos “Sacis” com uma tempestade com nome de mulher "limpando" o centro do poder mundial. Ainda mais é período de eleições, no qual não só os norte-americanos - mas todo o globo - direta ou indiretamente, está envolvido. Assistimos aos fatos e participamos dos acontecimentos com a consciência que nos é apropriada no momento.

Algum tempo atrás, eu achava que só a "ferida de Ísis" agonizava dentro de cada "homem" e, em especial, dentro de cada "mulher" deste planeta. Hoje, compreendo que há outra ferida que está se apresentando: "a ferida de Adão". Ela entornará ainda mais o caldo "caótico" em que nos encontramos, visto que ela está diretamente ligada ao poder. E o poder, da forma como concebemos, inevitavelmente "ruirá".

Como indivíduo do gênero masculino e observador da minha própria humanidade, compreendo que toda essa efervescência está gerando novos potenciais que, de uma vez por todas, serão instrumentos para uma transformação profunda dos seres humanos. E não deixarão um só indivíduo "imune" aos seus efeitos.

Para os "machistas de plantão” (sejam "homens" ou "mulheres"): coloquem suas "barbichas" no “molho rosé" porque a coisa vai ferver ainda mais como uma tulipa negra de chope "estupidamente" gelado...


(Luiz Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra compartilhar, dar um oi...

*As imagens contidas aqui são edições de telas de LH, registros de eventos ou do nosso cotidiano, exceto as relacionadas ao Crimson Circle.