E a Nossa Hipnose Ainda Continuará?


Rotular e tratar as "minorias" como vítimas é também permitir que elas sejam abusadoras em potencial.

Uma das maiores armadilhas que a nossa mente nos prega é classificar as coisas segundo os critérios dos nossos pré-conceitos e das nossas experiências prévias, como se tudo fosse imutável e setorizado. E como se as pessoas fossem apenas um aspecto delas mesmas.

Tivemos um Presidente da República que foi exilado político no Chile, fugindo de uma ditadura, porque era de minoria esquerda, professor universitário e sociólogo. E, nem por isso, garantiu um melhor exercício dos nossos direitos sociais e civis. Tampouco melhorou a educação pública.

Outro Presidente: nordestino, que veio da classe trabalhadora e sindical. E, nem por isso, baixou os juros ou mudou a forma com que os bancos e o patronato oprimem a população.

E, agora, temos uma Presidenta: mulher, ex-militante política, ex-presidiária, mãe, avó...

E a hipnose das nossas crenças e ideias preconcebidas ainda continuará?!


(Luiz Henrique)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra compartilhar, dar um oi...

*As imagens contidas aqui são edições de telas de LH, registros de eventos ou do nosso cotidiano, exceto as relacionadas ao Crimson Circle.